Arquivo

Posts Tagged ‘vampirinho’

Promoção Relâmpago – Flash Sale Vampirinho Vegano – Little Vegan Vampire

19 de junho de 2018 Deixe um comentário
Português:

O “Especial Infantojuvenil” da Amazon.com.br começou e o Vampirinho Vegano faz parte de uma  seleção especial de eBooks no site!

Meu livro “Solua, o vampirinho vegano    Primeiro episódio: Plantando uma nova
consciência  (em formato Conto infanto-juvenil)” (B01LNGT4GU) está em promoção do dia 19/6/2018 até 23/6/2018.

O preço dele passará de R$9.41 para apenas  R$1.99.  Confira, clique aqui

 

 English Version:

Amazon.com.br “Young Adult Special” starded and the little vegan vampire  is part of a special selection of eBooks on Amazon.com.br.
My book (Portuguese) “Solua, o vampirinho vegano    Primeiro episódio: Plantando
uma nova consciência  (em formato Conto infanto-juvenil)” (B01LNGT4GU) start today 6/19/2018 and last until 6/23/2018.
The price will go from R$9.41 to R$1.99. Click here
 

O VAMPIRINHO VEGANO DE LOU DE OLIVIER AGORA É INTERNACIONAL

11 de março de 2017 Deixe um comentário

Além de e-books, cartilhas, desenhos animados, camisetas e peças teatrais já lançados em Português, agora Lou de Olivier inova lançando o primeiro episódio de Solua, o vampirinho vegano traduzido para o Inglês. O projeto todo é filantrópico, não tem nenhum patrocínio nem vínculo político ou religioso, busca plantar uma nova consciência socioambiental e animal e tem renda doada aos cuidadores de animais abandonados. Confira!

 

O Projeto já é bem conhecido há anos e, logo após o sucesso da Mega-apresentação Teatral Vegana que levou o texto “Plantando uma nova consciência” na forma presencial a seis cidades brasileiras e de forma online para o mundo, agora inova mais uma vez.

O primeiro episódio foi traduzido para o Inglês e já está sendo lançado em formato e-book (livro online) com exclusividade, pelo site Amazon. O enredo já é conhecido pelas crianças e adultos brasileiros, mas está sendo grande novidade para as crianças e adultos que falam e leem em Inglês. “Solua, the little vegan vampire” tem a mesma sequência do português. Ele começa comendo muitas frutas no supermercado, vai parar no sítio do Senhor Soom, se envolve com uma tribo de índios e acaba convencendo a todos sobre os benefícios do veganismo para humanos e animais. Destaque também para o gatinho “Miau”, que também vira vegano e até aprende a falar. Em Inglês ele se chama “Meow”. Assim como a renda dos e-books em Português foi doada a cuidadores de animais abandonados e deficientes intelectuais, a renda dos e-books em Inglês também será doada e, se houver uma boa venda dos e-books, a renda também poderá ser usada para a continuidade do projeto que não tem nenhum patrocínio nem vínculo político ou religioso.

Aliás, vale frisar que Lou de Olivier até o momento, não obteve nenhum lucro financeiro neste projeto. A maioria dos materiais, assim como apresentações, tem sido grátis e a renda que entra do pouco que é vendido é investida em rações, medicamentos e outros recursos em auxílio aos cuidadores de animais abandonados. Portanto, este não é um trabalho comercial e não visa lucro financeiro. A atuação é, de fato, plantar uma nova consciência socioambiental e animal, buscando a paz para todos os seres vivos.

A ideia é, em breve, traduzir também o segundo episódio para o Inglês e o primeiro episódio para outros idiomas. Lembrando que o segundo episódio ainda é desconhecido do grande público. Nele, Solua encontra-se com alguns animais como a vaquinha Zuleite, O porquinho Oinc Oinc e a galinha Gigi e, entre muitas aventuras, eles contam como se sentem sendo usados como alimentos dos humanos. Há também uma cena tocante quando Solua encontra um peixinho à procura de sua mãe e precisa contar a ele que ela foi “pescada” pelos humanos e ele agora é um órfão.

Os textos são de autoria de Lou de Olivier e a revisão na tradução é de Erasmo de Oliveira.

Adquira o e-book em Inglês, clicando aqui

Adquira o e-book em Português, clicando aqui

Saiba mais detalhes no site oficial: http://soluavampirinhovegano.com.br

Neste site também é possível assistir quatro episódios em desenho animado (animação 3D), vídeos de apresentações teatrais e muitas novidades.

Lou de Olivier rompe os padrões ativistas com seu pacífico vampirinho vegano

17 de fevereiro de 2017 Deixe um comentário

Lou de Olivier, uma pacifista nata, tem se dedicado a levar conhecimento a todos  em diversas áreas. Especificamente em se tratando de veganismo, Lou tem inovado com sua proposta de um veganismo pacífico, não só em seus artigos mas, principalmente, nos episódios de Solua, o vampirinho vegano que mostra informações sobre alimentação saudável, respeito à natureza e a todos os tipos de vida, ensinado de forma amorosa e paciente, quebrando os padrões do ativismo de confronto.lou de olivier

Desde criança, Lou de Olivier tem sido conciliadora, ora de forma pacífica ora de forma confrontante, mas sempre conciliadora e equilibradora de situações.

Seus muitos e diversificados estudos, pesquisas e vivências aliados aos anos de experiências trouxeram a ela, a segurança e o equilíbrio dos mestres, dos que entenderam a essência da vida.

Foi neste equilíbrio e consciência que Lou de Olivier começou a idealizar em 2010 o Projeto Solua, o vampirinho vegano. A partir de 2014, com o lançamento oficial pela Internet, o projeto, embora enfrentando dificuldades financeiras, ausência de apoio e até mesmo um acidente que deixou Lou de Olivier dependendo de muletas e cadeira de rodas por muitos meses, se desenvolveu rapidamente.

Depois de ser lançado em ebooks, cartilhas, camisetas, desenhos de animação 3D, na maioria das vezes apresentado gratuitamente e, nas poucas vendas que obteve sendo doada toda a renda aos animais abandonados, veio então o auge que foi a Mega-apresentação Teatral Vegana, que aconteceu também gratuitamente no período de 03 a 10 de fevereiro de 2017 em diversas cidades brasileiras e também via Internet.

Foi nesta Mega-apresentação, que aconteceu graças ao empenho de Lou de Olivier que organizou e investiu tudo sozinha e a boa vontade dos elencos que acompanham Lou de Olivier desde outras antigas produções, que se teve ideia do quanto o veganismo tem alto grau de rejeição.

Comentários como:

– Veganos são muito radicais, não tem argumentos e não sabem negociar;

– Ativismo é sinônimo de baderna;

– Veganos são pessoas egoístas que defendem animais e pisoteiam os humanos…

Diante desses e outros comentários ouvidos pelos integrantes da Mega-apresentação, Lou de Olivier julgou ser necessário vir a público declarar, em primeiro lugar, que ela tem sempre a postura pacificadora tanto em seu subsite Ana Vegana que traz informações relevantes e bem fundamentadas quanto nos episódios em que a personagem Solua, o vampirinho vegano tem muitas informações sobre alimentação saudável, respeito à natureza e a todos os tipos de vida, sempre fundamentadas em Medicina e Nutrição.

solua-plantando

Em segundo lugar, deve-se frisar que há uma outra forma de explicar veganismo às pessoas sem precisar criar este desagradável clima de rejeição e confronto entre veganos e não veganos. Afinal, pregar amor aos berros não ensina nem sobre amor nem sobre libertação. E há um fato bem alarmante, tanto os animais quanto a natureza não aguentam mais tanta agressão, o próprio organismo humano está no limite de sua ingestão incorreta de alimentos. Não há mais tempo para se ensinar ou aprender sobre o altruísmo. Ou se é ou não se é altruísta. E, como Lou de Olivier já frisou em sua célebre frase: “Até por egoísmo é preciso ser altruísta”, é preciso urgentemente mudar a postura egoísta que move o mundo. E, ao contrário do que se imagina, altruísmo não se aprende com religião ou cursos, se aprende com consciência e experiência. E isso leva tempo. Um tempo que está se extinguindo…

Lou de Olivier está deixando de se apresentar como ativista vegana e passará a se posicionar apenas como pacifista que é o que tem sido desde sempre. Sua conduta tem sido bem diferente do que se entende por ativismo porque ela acredita que “transformar a mentalidade das pessoas gera melhores resultados do que o enfrentamento físico”. “A guerra é feita pelos cruéis sanguinários que, por intermédio do confronto, mudam situações. A paz é feita pelos pacificadores que, por intermédio da informação e do diálogo, mudam as gerações.” solua-ouvindo (1).jpg

Outra decisão importante em relação ao projeto Solua, é que, após tentar, sem sucesso, diversos patrocínios e até uma campanha crowdfunding (em que arrecadou apenas noventa reais), Lou desistiu de pedir patrocínios e propor parcerias e, incrivelmente, tem conseguido concretizar tudo sem verba, mas com coragem e determinação. fica aqui a declaração pública de que o projeto continuará caminhando sozinho, de forma simples mas com muito amor. E o único patrocínio é, foi e será sempre do Eterno. Lou afirma que “O Universo é o melhor patrocinador das causas justas e pelo bem de todos”.

Saiba mais sobre o projeto, acompanhe todos os passos desta Mega-apresentação, veja fotos, assista vídeos dos ensaios e das apresentações, leia e faça comentários acessando: http://soluavampirinhovegano.com.br/

Mega-apresentação teatral vegana publicada em 35 portais/blogs confira!

8 de janeiro de 2017 Deixe um comentário

Assista ao vídeo inicial e conheça quem já está participando deste megaevento

 

Mega-apresentação teatral vegana, noticiada em 35 (trinta e cinco) portais/blogs, incluindo Portal Terra, Agência O Globo e The São Paulo Times. Confira! http://vampirinhovegano.comunidades.net/solua-na-midia

Vampirinho Vegano numa mega-apresentação teatral. Confira!

4 de janeiro de 2017 4 comentários

louvampirinhogincanaO primeiro episódio de Solua, o vampirinho vegano estreou no Teatro do Ator em São Paulo – SP – Brasil, em março de 2015 e teve curtíssima temporada…

As apresentações da peça teatral ficaram temporariamente interrompidas, mas o projeto continuou a todo vapor com diversas contações de histórias em eventos veganos, lançamento de camisetas e gincanas do vampirinho vegano, mais duas aventuras em e-books/cartilhas e quatro resumos de episódios em animação 3D que estão no youtube. E,  atualmente, Lou de Olivier está coordenando a produção de um mega evento teatral com esquetes do vampirinho vegano…

O projeto todo tem  caráter filantrópico e de ação socioambiental e animal. E o principal objetivo é e sempre será levar o veganismo consciente a todos que pudermos alcançar. Lembrando que a renda conseguida com a venda dos e-books e camisetas é doada aos cuidadores de animais abandonados. Quanto a mega-apresentação teatral, acontecerá com entrada franca e todos são bem-vindos a participar. 

A data desta mega apresentação será agendada em breve e os ensaios já estão se inciando em diversos pontos do Brasil. Isso mesmo, será uma mega-apresentação teatral com vários atores, duplas e Cias Teatrais em todo o território nacional. Cada Cidade/Estado terá um elenco e um(a) diretor(a) independente mas todos ligados numa mesma intenção: despertar em todos, o amor por todos os tipos de vida, o respeito à natureza, ao próprio corpo, incentivando uma alimentação mais saudável e um maior entrosamento entre humanos e animais. 

Confira alguns comentários de artistas profissionais e amadores que já estão participando:

louvamp

“Estou neste planeta a serviço do Eterno, tudo que faço é para ajudar as pessoas e melhorar o mundo. Essa é a essência da vida, ser útil ao Universo. O vampirinho vegano é uma forma teatralizada de ensinar uma nova consciência de vida que é essencial à sobrevivência humana e preservação de todas as espécies. Não é só alimentação, é nutrição, é convivência pacífica, é cultivar e preservar de fato a natureza. É a real Paz entre todos os seres. E estou feliz em perceber que muitos artistas tanto profissionais quanto amadores estão acreditando neste meu projeto. E, juntos, somos sucesso! O sucesso do bem!” (Ana) Lou de Olivier – Idealizadora e Coordenadora do Projeto Vampirinho Vegano. Lou também dirigirá o elenco de São Paulo – SP

me_silene“Já participei da produção com a Ana Lou de OlivierKabbalah, arte de receber e doar” e foi para mim extremamente gratificante! Agora eu me sinto muito honrada em poder participar desta mega-apresentação, levando uma mensagem de conscientização da importância sobre o Veganismo às pessoas. Agradeço você Ana Lou, por mais este convite, pela sua magnífica ideia e interesse em falarmos de tão nobre e necessário assunto nos dias de hoje. Meus parabéns e sucesso!!!”

Silene B. Silveira (Atriz).

me_gicelda

“Eu me sinto feliz, honrada, grata e ansiosa, pela oportunidade de poder participar deste megaevento que a Ana Lou de Olivier está organizando, pois acredito que um tema tão ecologicamente correto, que promete mais saúde física e mental para o ser humano e paz para todos (animais e humanos), deve ser amplamente divulgado!”

Gicelda Petrole (Atriz).

me_narciso

“Quando recebi a proposta para fazer parte do projeto teatral sobre o vampirinho vegano aceitei de pronto, primeiro porque acompanho todo o trabalho literário e também de dramaturgia da Ana Lou e sempre fui um admirador dos seus trabalhos. Além do que, esse é um projeto que ajuda a discutir um assunto de suma importância porque o veganismo não é só a questão animal que está em jogo, tem outras questões que precisam ser conhecidas pelo público em geral”.

Narciso Campos (Ator e Jornalista).

me_beth

“Nos sentimos honrados em participar de mais um projeto dessa mulher espetacular Ana Lou de Olivier, minha companhia ja apresentou o texto Três Contos que vou te contar (Cinderela que não era Bela porque era Branca demais) de autoria de Lou de Olivier e foi e continua sendo sucesso. Agradecemos a Lou por mais essa oportunidade.”

Beth Terras – Diretora da ADOTE – Cia Teatral Ator Domingos Terras .

me_danivalO que me motivou a participar deste projeto “Solua, o vampirinho vegano” é, por conhecer outros trabalhos de Ana Lou de Olivier, interessei-me no trabalho atual. Os textos “Eu inteiro, metade de mim” e “Os alienados” tem uma qualidade ímpar e ao apreciar o novo trabalho intitulado “Solua, o Vampirinho vegano“, pude ter uma sintonia ampla com a questão educacional. Como educador indico esta obra que trata de tema atual e de importância ambiental/animal de forma simples, objetiva mas muito criativa e atraente. Danival Mascarini (Ator e Professor de Artes)

me_marcia

“A montagem do esquete do texto teatral, Solua O Vampirinho Vegano, contará com a direção e atuação de Márcia Ribeiro e atuação de Felipe Ferreira. Esta é a segunda produção dramatúrgica de Lou de Olivier a ser encenada pela Cia Introspectus, após “Os Alienados”. Fazer parte deste megaevento nos faz refletir sobre os diferentes modos de vida, sobretudo, o lugar que ocupa ou deveria ocupar em nossas vidas cada ser vivo que compõe nossa biosfera. Trata-se de levar ao público, além de conhecimento sobre a prática alimentar vegana, a possibilidade de cultivar hábitos mais saudáveis e pertinentes à vida animal e ambiental. Lou é uma ativista incansável ao lutar por causas que acredita. Gratidão!!! Temos a honra de contribuir para este movimento. Márcia Ribeiro – Diretora da Introspectus Cia de Teatro

me_jaorish“Impossível não citar um grande colega de profissão e fã de meu trabalho. Durante muitos anos, ele lutou para conseguir levar-me à sua região (Palmares – Pernambuco – Brasil), organizou palestras e workshops meus, mas sempre esbarrou na falta de verba e falta de apoio dos órgãos públicos. E minha ida à sua região não se concretizou. Sempre que eu iniciava algum projeto, era um dos primeiros a inscrever-se e participar, mesmo pela Internet. Sei que, se estivesse nesta dimensão, hoje, também participaria ativamente. Mas tenho certeza que, onde está agora, deve estar participando, levando o meu projeto às estrelas e planetas e, formando uma galáxia teatral, com a direção segura do Eterno, tornando assim, o vampirinho vegano Universal!” Jaorish Telles (in memoriam) – citação de Lou de Olivier

%d blogueiros gostam disto: