Arquivo

Posts Tagged ‘lembranças’

Brasil, melhor lugar do mundo!

25 de julho de 2018 Deixe um comentário

Quando criança eu gostava de ouvir e assistir (tinha versão desenho e disquinho) uma fábula intitulada “O melhor lugar do mundo”. Era a história de alguns animais (galinha, porco, pato, acho que tinha um gato também)… Eles estavam revoltados com a vida que tinham numa fazenda e resolveram fugir. Saíram procurando o melhor lugar do mundo. No entanto, eles passaram por tantas privações, foram maltratados e correram tantos riscos que voltaram para a fazenda convencidos de que lá era o melhor lugar do mundo…

Hoje me lembrei desta fábula que não é tão fábula assim. Às vezes buscamos ser quem já somos. Às vezes saímos em viagem ou buscando algo que já temos. Às vezes deixamos nossa zona de conforto (e qual é o problema de ficar na zona de conforto? Só porque algum mané inventou que saindo dela, se revela LUZ? Engano, LUZ se revela com boas ações, com atitudes corretas, com inúmeras formas e não com regrinhas distorcidas). Enfim, deixamos o que temos de melhor para buscar o desconhecido, locais sem infraestrutura ou que podem até ser evoluídos mas têm costumes diferentes dos nossos, tem outro idioma, outra forma de entendimento da vida e do mundo. O materialismo entra em choque com o altruísmo. A diferença nos idiomas causa desentendimentos, as diferenças na alimentação causam mal-estar e a busca do que se imagina ser sucesso ou realização torna-se uma grande ilusão.

Hoje, arrumando minha casa, com meu gatinho interferindo em tudo, chamando atenção para ele mesmo, percebi o quanto é simples viver. Notei detalhes que não notava, encontrei coisas em mim mesma que nem lembrava. E pensei nos meus pais, que fundaram três bairros aqui em São Paulo – SP – Brasil. Um desses bairros é onde moro hoje… Tradição, honra, honestidade, boas lembranças, isso sim deve ser buscado e preservado. Buscar sucesso ou dinheiro ou qualquer aspecto material não leva a nada.

Viver em São Paulo significa estar no principal centro financeiro e mercantil da América do Sul. Considerada a cidade mais populosa de todo o hemisfério sul e a cidade brasileira mais influente no cenário global… O brasão oficial cita “Non ducor, duco”, significa “Não sou conduzido, conduzo”. Tenho muito orgulho de ter nascido e me criado aqui em São Paulo – SP – Brasil. Hoje, mais do que nunca, sinto amor pela minha terra, pelo pioneirismo dos meus pais, pela tradição de nossa família, por estar num país abençoado que é o Brasil. Não importa o que falem ou façam para nos convencer de que o Brasil é um caso perdido, que não vale a pena viver aqui. O Brasil é o melhor lugar do mundo para se viver… Eu que o diga! (da série: “Constatei, antes de acontecer” por Anna Lou Olivier)

 

%d blogueiros gostam disto: