Arquivo

Archive for the ‘jornalismo’ Category

Brasil, melhor lugar do mundo!

25 de julho de 2018 Deixe um comentário

Quando criança eu gostava de ouvir e assistir (tinha versão desenho e disquinho) uma fábula intitulada “O melhor lugar do mundo”. Era a história de alguns animais (galinha, porco, pato, acho que tinha um gato também)… Eles estavam revoltados com a vida que tinham numa fazenda e resolveram fugir. Saíram procurando o melhor lugar do mundo. No entanto, eles passaram por tantas privações, foram maltratados e correram tantos riscos que voltaram para a fazenda convencidos de que lá era o melhor lugar do mundo…

Hoje me lembrei desta fábula que não é tão fábula assim. Às vezes buscamos ser quem já somos. Às vezes saímos em viagem ou buscando algo que já temos. Às vezes deixamos nossa zona de conforto (e qual é o problema de ficar na zona de conforto? Só porque algum mané inventou que saindo dela, se revela LUZ? Engano, LUZ se revela com boas ações, com atitudes corretas, com inúmeras formas e não com regrinhas distorcidas). Enfim, deixamos o que temos de melhor para buscar o desconhecido, locais sem infraestrutura ou que podem até ser evoluídos mas têm costumes diferentes dos nossos, tem outro idioma, outra forma de entendimento da vida e do mundo. O materialismo entra em choque com o altruísmo. A diferença nos idiomas causa desentendimentos, as diferenças na alimentação causam mal-estar e a busca do que se imagina ser sucesso ou realização torna-se uma grande ilusão.

Hoje, arrumando minha casa, com meu gatinho interferindo em tudo, chamando atenção para ele mesmo, percebi o quanto é simples viver. Notei detalhes que não notava, encontrei coisas em mim mesma que nem lembrava. E pensei nos meus pais, que fundaram três bairros aqui em São Paulo – SP – Brasil. Um desses bairros é onde moro hoje… Tradição, honra, honestidade, boas lembranças, isso sim deve ser buscado e preservado. Buscar sucesso ou dinheiro ou qualquer aspecto material não leva a nada.

Viver em São Paulo significa estar no principal centro financeiro e mercantil da América do Sul. Considerada a cidade mais populosa de todo o hemisfério sul e a cidade brasileira mais influente no cenário global… O brasão oficial cita “Non ducor, duco”, significa “Não sou conduzido, conduzo”. Tenho muito orgulho de ter nascido e me criado aqui em São Paulo – SP – Brasil. Hoje, mais do que nunca, sinto amor pela minha terra, pelo pioneirismo dos meus pais, pela tradição de nossa família, por estar num país abençoado que é o Brasil. Não importa o que falem ou façam para nos convencer de que o Brasil é um caso perdido, que não vale a pena viver aqui. O Brasil é o melhor lugar do mundo para se viver… Eu que o diga! (da série: “Constatei, antes de acontecer” por Anna Lou Olivier)

 

Lançamento! Luz do Eterno Artigos Cabalísticos

22 de julho de 2018 Deixe um comentário

Luz do Eterno Artigos Cabalísticos: Estudos Aprofundados para o Equilíbrio Energético Vital

Parte I eBook Kindle

 

Reunião dos melhores artigos escritos e publicados por Anna Lou Olivier (Lou de Olivier) no seu Blog Luz do Eterno, no período de 2010 a 2016 sobre autoconhecimento, fundamentos da Kabbalah, Física Quântica, relacionamentos, meditação, espiritualidade e outros importantes temas para alcançar o Equilíbrio Energético Vital.

Dividido em três partes. A primeira parte “Artigos cabalísticos” já está disponível, clique aqui

Em breve estarão disponíveis também a parte II “Estudos bíblicos” e a parte III “Mensagens reflexivas.

 

Acesse, leia, comente!

Seja LUZ – Mensagem Reflexiva

18 de julho de 2018 Deixe um comentário

Como editar seu livro grátis e/ou ser palestrante de sucesso e sem nenhum esforço

18 de julho de 2018 Deixe um comentário

Você é autor de livros de qualquer gênero? Você é Pesquisador Científico ou de Campo e sonha publicar sua obra? Você guarda, há muitos anos, um original na gaveta esperando uma oportunidade de publicação? Você sonha ser um(a) palestrante de sucesso e falar para multidões? Então este artigo é para você.

Periodicamente recebo convites para editar meus livros e/ou publicar meus artigos ou até mesmo ministrar cursos. E sei de amigos e parentes que também recebem convites parecidos. Por isso, decidi escrever este pequeno artigo como um alerta.

Os convites e propostas variam mas, em geral, são feitos da seguinte forma:

1 – Notamos que seus artigos são excelentes e gostaríamos de oferecer a oportunidade de publicação…

2 – Se você quer publicar seus livros, teses e afins, nós temos a solução…

3 – Diante de seu vasto currículo, temos interesse em agendar reunião para conversarmos a respeito de você estar ministrando cursos à distância em nossa plataforma…

4 – O “Fulano de Tal” é excelência em se tratando de agenciamento de novos autores. Saiba como ser assessorado por ele e vencer na carreira de Escritor…

5 – E diversas outras formas e abordagens.

Em comum, as propostas têm o “publicar gratuitamente” ou uma “pequena taxa”, podem também oferecer um “preço competitivo” ou algo assim. Ocorre que, na maioria das vezes, o “agenciador”, não me atrevo a chamar estas pessoas de “Agente Literário” nem sequer tem um escritório. As reuniões ocorrem via internet ou em bares, restaurantes ou locais públicos. E, além de desembolsar uma verba para pagar a conta, ainda corre-se o risco de um assalto ou coisa pior.

Em mais de trinta anos de carreira literária, já recebi inúmeras propostas deste tipo. Já, inclusive, questionei uma pessoa que se anunciava como “Grande Agente Literário”, perguntei-lhe qual autor famoso ou qual Best-Seller ele intermediou e a resposta foram alguns pigarros e o clássico, “-Não te ouço bem, acho que a ligação vai cair…pim,pim,pim!”

Não estenderei este tema, não há muito a dizer além disso. Apenas, se você quer mesmo ser um Escritor ou Palestrante de nível e ser reconhecido em sua área de escrita ou abordagem, prepare-se para investir muito. Investir tempo, dinheiro em bons cursos. Invista, inclusive, em cursos de oratória, especialmente se quiser palestrar ou cursos de gramática se quiser escrever bem. E tenha uma grande paciência para enviar seus originais a editoras sérias que, embora demorem a responder, se resolverem te editar, terão condições de te divulgar e assessorar sua carreira. Não perca seu tempo com “editores” que vivem caçando “novos talentos”. Aliás, um conselho, se for procurado(a) por algum desses “Caça talentos”, ignore a proposta. Se o assédio for constante denuncie, há diversas formas de denúncia como Spam e como fraude também.

Se quiser uma publicação rápida e, de fato, grátis, tente publicar pelo Amazon, Clube de Autores ou Saraiva Publique-se. Assim você mesmo(a) fará todo o processo e arriscará alcançar o sucesso. Se quiser ser um palestrante online, atualmente, existem diversas plataformas como “Moodle” onde você pode fazer um cadastro e montar seu curso online sem necessitar de ninguém para intermediar. E, se você quer fazer um bom workshop de oratória, te indico um que é ministrado pelo Erasmo, Jornalista e Poliglota. Vc pode cursar de forma presencial ou via EAD ou pode agendar in company. São várias, opções. Saiba mais sobre este workshop, clique aqui

ou acesse o link:

https://erasmodeoliveiramc.wordpress.com/workshop-de-oratoria/

Para reclamar sobre Spam ou assédio de caça talentos, acesse: http://www.antispam.br/reclamar/

Harvard: palestrar ou não, eis a questão!

18 de junho de 2018 2 comentários


Aguarde artigo completo aqui, em breve!

Eu havia publicado aqui uma detalhada crônica sobre o processo de obtenção de visto americano. Porém, decidi verificar melhor todos os ângulos para não fazer julgamentos precipitados. Assim que eu concluir minha pesquisa completa, reescreverei e republicarei aqui. Aguarde!

Em tempos difíceis, a união faz a força no mercado de Eventos

1 de junho de 2018 2 comentários

O mercado de eventos encontra-se em um momento que podemos considerar delicado. De um lado, anuncia-se mudanças que, em futuro próximo, levarão os eventos e palestras a um nível virtual, inclusive com projeções holográficas, transmitindo imagens em três dimensões sem a necessidade de telões ou óculos simuladores. Aliás, este tipo de evento já está acontecendo em alguns locais mais sofisticados e a tendência é que se torne comum a todos os eventos. A característica básica é que a imagem do palestrante surge no ar de forma realista e os participantes podem assistir a palestra sem a presença física do palestrante e sem necessidade de óculos nem equipamentos especiais. Outra opção, que acontece com frequência, é a apresentação de vídeos em que o palestrante profere a palestra por Internet, seja ao vivo por apps ou gravado e exibido durante o evento. Eu mesma tenho participado de alguns Congressos dessa forma.

Por outro lado, eventos presenciais ocorrem com muita frequência, são eventos corporativos, esportivos, acadêmicos, artísticos, entre outros. O volume de eventos produzidos é tão grande que, segundo a ABEOC Brasil (Associação Brasileira de Empresas de Eventos) desde o ano de 2002, existe a Lei de nº 11.265 que obriga (promotores de eventos artísticos, desportivos, culturais e recreativos) a contratação de seguro de acidentes pessoais em todos os eventos que tenham cobrança de ingressos e sejam realizados no Estado de São Paulo. Isso proporciona mais segurança a todos que participam desses eventos sejam trabalhadores sejam público em geral.

Em meio a todas estas notícias promissoras, algo parece não se encaixar bem, ao menos em São Paulo, SP, Brasil. Aqui nos defrontamos com uma realidade um pouco diferente das notícias. Verificamos que, das muitas empresas produtoras e/ou fornecedoras de equipamentos e pessoal para eventos, ativas até 2015, a maioria fechou suas portas. Quem não fechou, está procurando alternativas para continuar no mercado. O mesmo se pode afirmar em relação aos profissionais que, por algum motivo, se distanciaram do mercado e agora tem bastante dificuldade de recolocação.

Erasmo de Oliveira – Jornalista, Mestre de Cerimônias, Locutor e organizador do grupo.

Um desses profissionais é o Erasmo de Oliveira, poliglota, experiente Jornalista, Guia de Turismo, Locutor e Mestre de Cerimônias. Ele se afastou um pouco dos eventos para engajar-se numa ótima causa, a dos animais abandonados. Por algum tempo, ele se empenhou tanto nesta causa que não se importou com os convites que cessaram para ele no mercado de eventos. Agora, necessitando voltar ao mercado com urgência, diante das dificuldades de recolocação, ele não se deixou vencer. Está organizando um grupo de profissionais para divulgação e inclusão nos eventos.

Funciona assim: Os empresários que fornecem casting, som, iluminação, estandes, cenografia, fotografia entre outros são divulgados gratuitamente na página do site. Isso agiliza a contratação, facilitando o orçamento por parte dos clientes e proporciona encontrar tudo que se precisa numa única página. Vale lembrar que o Erasmo também precisa se recolocar e pretende que a página seja visitada pelos interessados em contratar um Mestre de Cerimônias ou Locutor para seus eventos.

Uma ótima iniciativa que merece muitas visitas, muitos likes e, acima de tudo, muitas contratações e bons negócios, concorda?

Acesse a página de divulgação de profissionais, clicando aqui e/ou clique no banner para acessar o site todo.

Greve de caminhoneiros reflete a real importância das profissões

24 de maio de 2018 2 comentários

Foto do site Dreamstime retratando um congestionamento (não é da greve de caminhoneiros)

Enquanto a greve dos Caminhoneiros de todo o Brasil chega ao quarto dia, anunciam-se que combustível já falta em alguns postos, alguns hospitais suspendem procedimentos; ônibus operam com frota reduzida; excesso de carros nas ruas gera intermináveis congestionamentos (enquanto houver combustível para isso), há desabastecimento de supermercados e comércio em geral; já se cita a possibilidade de racionamento de energia em RO e de falta de água no RJ, o que pode se estender a todo o Brasil. Segundo a ABPA, animais transportados como “carga” também passam fome em bloqueios rodoviários há mais de 50 horas.

A greve acontece em protesto contra a alta no preço dos combustíveis, o diesel, por exemplo, teve aumento de 50% a partir de julho de 2017. Esta greve, que começou na segunda-feira, 21 de maio, causa bloqueios em rodovias de 22 Estados e no Distrito Federal. Apesar de algumas medidas da Petrobras para negociação de descontos no diesel, os caminhoneiros continuam a greve por não aceitarem os termos da negociação.

Esta greve e suas consequências nos leva a uma reflexão sobre a real importância das profissões. Há tempos, as profissões mais valorizadas têm sido Médicos, Advogados, Engenheiros e outras profissões ligadas ao ensino Universitário, mais ênfase se dá ainda a quem tem um título de Mestre ou Doutor, mas, na prática, a grande verdade é que todos são importantes e uns dependem de outros, queiram ou não admitir isso.

Os caminhoneiros param e, em consequência, param uma série de serviços, os meios de transporte que levam Médicos, Advogados, Engenheiros aos seus locais de trabalho, param de funcionar, se há falta de energia elétrica, os equipamentos caríssimos e sofisticados (em hospitais e empresas) não funcionam e, assim por diante. Da mesma forma, se os agricultores param, desabastecem as casas e hospitais. Os professores que ensinam as diversas matérias e as profissões também dependem de todo este sistema. A Costureira é importante e também depende do tecelão, a tricoteira e/ou crocheteira precisa de quem produz a lã. E assim por diante, e todos precisam de todos. Em meio a tudo isso, animais que são tratados como apenas “carne” sofrem sem alimento e sem nenhuma condição de sobrevivência…

Eu abordo este tema, entre outros temas importantíssimos, no meu novo romance “Armagedom Har Meggido (Ana e o Apocalipse). O título parece religioso, mas é um enredo que aborda teorias de conspiração, teletransporte, sonho lúcido, entre outras teorias e é fundamentando em meus estudos de Física Quântica (Universos Paralelos), Parapsicologia, Paranormalidade e Teologia. E mostra diversas situações de extrema reflexão, além de um divertido e polêmico romance entre uma androide e um humano. Tem tudo para ser um Best Seller, mas até agora foi lido por pouquíssimas pessoas porque, apesar de muita divulgação, nesta Internet monitorada, poucos tem acesso à real informação e livros como este meu, (apesar de ser considerado ficção científica) são relegados e até criticados pelos desavisados. Convido-te a ler este meu livro/e-book, acesse-o clicando aqui.

No mais, finalizando este pequeno artigo, só friso que, a menos que uma pessoa consiga produzir seu próprio alimento, suas próprias roupas, gere sua própria energia elétrica, sua própria água e saiba desenvolver diversas habilidades e profissões, é bom repensar quais são as profissões essenciais, as realmente importantes e o quanto todos dependem de todos neste planeta…

%d blogueiros gostam disto: