Arquivo

Archive for the ‘distúrbios de aprendizagem’ Category

Quem é a Anna?

2 de setembro de 2018 Deixe um comentário

Talvez você ainda não saiba quem é Anna Lou Olivier, mas com certeza, já deve ter ouvido falar de Lou de Olivier. Ela é detectora da Dislexia Adquirida, precursora da Multiterapia, entre outras importantes descobertas Desde 1995, Lou de Olivier tem publicado inúmeros artigos em revistas nacionais como “Mãe Moderna”, “Viver Psicologia” (atual Mente e Cérebro), Sentidos, Psique Ciência e Vida, sendo que na Psique ela publica artigos regularmente. Entrevistada em diversas revistas, programas de webtv e alguns de TV aberta. Desde 1996 mantém um portal institucional que já comportou diversos sites e subsites, atualmente está condensado mas continua trazendo informações preciosas em diversas áreas. Entre 2000 e 2002 ela ganhou 2 troféus na Inglaterra por publicações feitas em Portugal e Inglaterra. No Brasil, ela recebeu mais de 50 troféus e/ou diplomas de honra, entre 2007 e 2014. E, a partir de 2016 tem recebido inúmeros convites para palestrar no exterior. Suas participações mais recentes foram em congressos médicos ocorridos em Vancouver (Canadá), Dublin (Irlanda) e Boston (USA), na renomada Harvard Medical School.

O motivo pelo qual Lou de Olivier decidiu passar a usar seu nome Anna Lou Olivier foi porque Lou de Olivier se destacou tanto que começou a ser copiada, além de ter diversos artigos e até livros inteiros de sua autoria, que foram plagiados, já se tem notícia de duas crianças batizadas com este nome “Lou de Olivier” acrescido dos sobrenomes das famílias das crianças. Pessoas inescrupulosas criam e-mails e até sites utilizando o nome “Lou de Olivier” enganando pessoas de boa fé.  E o pior, uma “pessoa” tem publicado literatura pornográfica também usando este pseudônimo. Para evitar ser confundida com estas pessoas, Lou achou melhor voltar a usar seu nome como Anna Lou Olivier, depois de quase 30 anos divulgando este pseudônimo. Mas, se Lou de Olivier é tão conhecida ao ponto de ser copiada e até plagiada, como ainda há Jornalistas e formadores de opinião que não a conhecem? Que questionam se ela tem algum artigo publicado? Que ficam esperando um “gancho” para divulgar algo?

Lou de Olivier em entrevista exclusiva para Revista Psique Ciência e Vida outubro/2017

A resposta é simples. Cada um percebe a realidade que conhece. Quem vive na base do copia-e-cola, focado (ou seria desfocado?), preocupadíssimo com o cotidiano ou com as fofocas, pensando que todo o público gosta deste tipo de informação, não consegue saber nada que esteja acima desta mesmice. Seria muito bom que algum grande veículo divulgasse todo o conteúdo que Lou tem disponibilizado há tantos anos, apenas com intenção de levar conhecimento a todos. E o público, certamente, gostaria de saber. Mas, se há tanta dificuldade em levar tanto conhecimento às massas… É uma pena para o Brasil e para os brasileiros, não para Anna Lou Olivier. Ela já encontrou as principais respostas que procurava, ela já registrou no Universo todas as suas boas ações. Quem perde é o público que deixa de saber verdades e descobertas importantes.

E só para finalizar, só no Brasil existe este “mito” do precisar de um “gancho” para divulgar algo. Em alguns meses de divulgação na Europa, Lou já foi indicada ao primeiro dos dois prêmios que recebeu na Inglaterra. E, recentemente, oficializou seus temas em diversos congressos internacionais. E foi imediatamente entrevistada pela rádio de Boston – USA. (Estamos aguardando o áudio para divulgar, também agradecemos a Rádio Espaço Mulher de SP e a Revista Nova Família, que também divulgaram nosso material). Enquanto isso, no Brasil, nas “grandes emissoras”, quem está procurando um gancho para divulgar algo que é, inclusive, de utilidade pública, talvez deva aproveitar o tal gancho, pendurá-lo bem alto, anexar uma corda e aproveitar para se enforcar. O vexame será menor do que continuar assistindo os países estrangeiros publicando tantas pesquisas e temas inovadores, enquanto por aqui se publica que fulano arrasou nas passarelas ou fulana exibiu o corpão siliconado na praia infectada… Se tem gente que gosta deste tipo de “notícia”, certamente tem muita gente inteligente que busca informação mais consistente. Para este tipo de público o único gancho que um Jornalista consciente deveria buscar seria o gancho da honestidade. Até porque, todo mundo que respira, precisa das informações que Anna Lou traz…

Anna Lou Olivier libera artigos para uso em Teses, TCCs, etc.

29 de agosto de 2018 Deixe um comentário

Comunicado importante!

Muitas pessoas tem interesse nos artigos escritos por Anna Lou Olivier (Lou de Olivier) e publicados em revistas impressas, inclusive algumas pessoas repassam sem citar a fonte. Sendo assim, estamos divulgando a página oficial. Nesta página, os principais artigos (de 2000 a 2018) estão em PDF, liberados para uso em teses, TCCs, etc, desde que sejam citados trechos na íntegra,  autoria de Anna Lou Olivier (Lou de Olivier), página, edição e título do veículo que publicou.

Confira os artigos disponíveis, clicando aqui.

Rádio Espaço Mulher Entrevista Anna Lou Olivier (Lou de Olivier)

15 de agosto de 2018 Deixe um comentário

Já está no ar a entrevista de Anna Lou Olivier (Lou de Olivier) concedida à Elizabeth Mariano para a Rádio Espaço Mulher. Nesta entrevista, Anna Lou fala de suas recentes apresentações em congressos internacionais, foram quatro temas em três congressos só entre junho e julho de 2018. Ela também fala detalhes das suas pesquisas e curiosidades da viagem.

Vale a pena conferir, clique aqui.

Agradecemos a toda a equipe da Rádio Espaço Mulher, o apoio sempre, às pesquisas e realizações de Anna Lou Olivier (Lou de Olivier).Parabenizamos os produtores. E enviamos votos de muito sucesso em todos os projetos da Rádio e TV Espaço Mulher, TV e Rádio Embelezar e outras iniciativas integrantes do Portal Espaço Mulher.

Beethoven e os sete pianistas

15 de agosto de 2018 Deixe um comentário

Depressão, TOC, estresse, autismo, dislexia, Síndrome de Down e diversos outros distúrbios cerebrais, agora têm uma nova perspectiva de tratamento.

Imagine se fosse preciso colocar num mesmo palco sete pianos e sete pianistas, cada um deles especializado em tocar apenas uma nota. Para ouvir a música inteira, todos deveriam tocar em absoluta sintonia, lembre-se: cada um teclando só uma nota. Um só toca DO, outro só toca RE, outro só toca MI… Aí, surge um surdo e compõe algumas das mais famosas e imortais sinfonias de todos os tempos e as pessoas começam a enxergar na prática que uma equipe multidisciplinar não faz sentido. A Medicina se especializa cada vez mais, o paciente é encaminhado para dezenas de profissionais para tratar de algo simples, mas que se agrava com o tempo perdido nos intermináveis rituais de exames e de consultas em muitos tipos de especialistas, que não interagem efetivamente entre si.

Então, surge uma paciente, como o fez Beethoven, vence sua própria deficiência, mostra que existe uma alternativa humanizada de terapia, exige do terapeuta um esforço maior e uma dedicação especial a cada Ser Humano que o procura em busca de alívio e desenvolve a Multiterapia, que faz de cada profissional um tutor do paciente, exige comprometimento e não apenas envolvimento, requer um olhar holístico e com foco em resultados. Cada caso é visto como único, cada tratamento é feito sob medida, economiza-se tempo e dinheiro e a cura realmente se torna possível.

Imagine o impacto econômico nos serviços de saúde, quando milhares de pessoas encontrarem sua cura definitiva na Multiterapia. Essa é a técnica desenvolvida pela pioneira cientista Anna Lou Olivier, o Beethoven brasileiro, disléxico e realmente interessado em buscar a cura!

Erasmo de Oliveira
Assessor de Imprensa de Anna Lou Olivier

http://empoderadadobrasil.com/

Beethoven y los siete pianistas

15 de agosto de 2018 Deixe um comentário

Depresión, TOC, estrés, autismo, dislexia, Síndrome de Down y varios otros trastornos cerebrales, ahora tienen una nueva perspectiva de tratamiento.

Imagínese si fuera necesario colocar en un mismo escenario siete pianos y siete pianistas, cada uno de ellos especializado en tocar sólo una nota. Para escuchar la música entera, todos deberían tocar en absoluta sintonía, recuerde: cada uno tecleando sólo una nota. Un solo toca DO, otro sólo toca RE, otro sólo toca MI … Ahí surge un sordo y compone algunas de las más famosas e inmortales sinfonías de todos los tiempos y las personas empiezan a ver en la práctica que un equipo multidisciplinario no tiene sentido . La Medicina se especializa cada vez más, el paciente es encaminado a decenas de profesionales para tratar de algo simple, pero que se agrava con el tiempo perdido en los interminables rituales de exámenes y de consultas en muchos tipos de especialistas, que no interactúan efectivamente entre sí .

Entonces, surge una paciente, como lo hizo Beethoven, vence su propia deficiencia, muestra que existe una alternativa humanizada de terapia, exige del terapeuta un esfuerzo mayor y una dedicación especial a cada Ser Humano que lo busca en la intención de alivio y desarrolla la Multiterapia, que hace de cada profesional un tutor del paciente, exige comprometimiento y no sólo implicación, requiere una mirada holística y con foco en resultados. Cada caso es visto como único, cada tratamiento se hace a medida, se ahorra tiempo y dinero y la cura realmente se hace posible.

Imagine el impacto económico en los servicios de salud, cuando miles de personas encuentren su curación definitiva en la Multiterapia. Esta es la técnica desarrollada por la pionera científica Anna Lou Olivier, el Beethoven brasileño, disléxico y realmente interesado en buscar la cura!

Erasmo de Oliveira
Asesor de prensa de Anna Lou Olivier

http://empoderadadobrasil.com/

 

Promoção Relâmpago – livros de Lou de Olivier na WAK Editora

11 de agosto de 2018 2 comentários

Os livros da autora e congressista internacional
Anna Lou Olivier (Lou de Olivier) estão em
promoção relâmpago no site da editora WAK
 com 30% de desconto.

 

Na compra dos três livros, você economiza R$ 36,00 e tem acesso a um excelente conteúdo. Aproveite esta ótima oportunidade! É por tempo limitado…

Confira!

 

 

Distúrbios de Aprendizagem e de Comportamento (capa preta e laranja),
de R$  46,00 por apenas R$ 32,20.

Saiba mais, clique aqui

 

 

Transtornos de Comportamento e Distúrbios de Aprendizagem (capa verde),
de R$ 44,00 por apenas R$ 30,80.

Saiba mais, clique aqui

 

 

 

Psicopedagogia e Arteterapia – Teoria e Prática na Aplicação em Clínicas e Escolas,
(capa amarela) de R$ 30,00 por apenas R$ 21,00.

Saiba mais, clique aqui

 

 

 

Uma Disléxica em Harvard e outros congressos internacionais

5 de agosto de 2018 2 comentários

Depois de uma estressante viagem ao exterior estou de volta ao Brasil. Em pouco mais de uma semana, tive três temas meus expostos em congressos internacionais. Um video presentation 5Th World Congress on Mental Health and Well-being – Vancouver, Canadá. E dois poster presentation Conference on Movement and Cognition – Harvard University’s School of Medicine (Joseph B. Martin Conference Center), in Boston, Massachusetts (USA)

Os temas foram:

Multitherapy treating Autism Spectrum disorder (ASD)”

Multitherapy as an allied in the treatment of dyslexia and acquired dyslexia (specific learning disorder with impairment in reading)”

Toy library allied to learning, reassessment twenty years after the implementation of the method”

Como já citei várias vezes, tenho uma limitação com idiomas estrangeiros por conta de um acidente que me deixou sem memória e me fez perder habilidades de leitura em Português, fala e leitura em Inglês e Francês que eu falava fluentemente antes do acidente. Meu pai falava nove idiomas, meu irmão fala seis e eu, que já era fraquinha (só falava três idiomas), depois do acidente, continuei falando apenas o Português. Já fiz inúmeros cursos de idiomas, eu chego a ter fluência, mas de repente, apaga tudo o que aprendi ou recordei, no caso do Inglês. De uma forma simplista, posso afirmar que meu acidente afetou o armazenamento e as estruturas cerebrais em muitas conexões entre os neurônios. Ou seja, afetou minha memória e cognição (que inclui memória também). Eu desenvolvi a Multiterapia justamente para me auto-tratar e os resultados foram muito bons (não só para mim como para inúmeras pessoas que hoje seguem suas vidas normalmente depois do tratamento).

Apesar disso, em alguns momentos de estresse, eu tenho dificuldades em me expressar especialmente em outros idiomas. Nesta viagem, o grande esforço que fiz para me expressar em Inglês, já que meu tradutor online estava falhando. E o grande estresse que passei enfrentando setores de imigração totalmente despreparados para receber turistas, me causou uma grave recaída de dislexia e ausência de memória. Mas já estou quase recuperada. Prova de que, por mais contratempos que eu enfrente, minha técnica sempre me serve e me traz reequilíbrio.

Lembrando que, há mais de quarenta anos, por eu ter sequelas de um grave afogamento e nenhum médico saber me tratar, foi que eu estudei e pesquisei tanto e hoje sou quem sou, levando minha técnica Multiterapia a vários países. Em 2016, por outro acidente, fiquei 3 meses dependendo de muletas e cadeira de rodas. Palestrei sobre isso na Assembleia Legislativa de São Paulo – SP Brasil e ajudei a melhorar a vida dos deficientes físicos e mentais. Tenho certeza que esta recaída de dislexia me fará caminhar e descobrir mais inovações. Desta forma, eu ajudo as pessoas e sirvo da melhor maneira ao Universo. Porque sou sincera quando digo que estou aqui a serviço do Eterno.

Mas, como a grande maioria das pessoas não está nem ai com altruísmo e, nesta viagem (com raras exceções), eu lidei com o mais profundo materialismo, o que, inclusive, muito me magoou e prejudicou, tenho que ser prática e objetiva.

Tomei algumas decisões que serão anunciadas em momento oportuno. Uma delas, que já cito agora, é que esta é a última publicação assinada por mim neste blog. A partir de hoje, só serão repassadas notas e comunicados da Assessoria de Imprensa ou notícias oficiais sobre meus lançamentos, artigos publicados, apresentações e palestras. 

Aproveito para informar que estou transferindo a Assessoria de Imprensa para meu irmão Erasmo, que é Jornalista e Poliglota. Ele já me assessorou entre 2003 e 2007 e, atualmente, está voltando a me assessorar. Podem conhecer o site que ele fez para mim e saber como contatá-lo acessando: http://empoderadadobrasil.com/

Acessem também meu portal que está reformulado:  https://www.loudeolivier.com.br/

Em breve, novidades da Assessoria aqui.

 

%d blogueiros gostam disto: