Este domingo foi marcado por manifestações pacíficas em todo o Brasil. Confira os detalhes neste pequeno artigo.

Em teoria, o novo governo conta com uma base aliada no PSL e tem como oposição PDT, PSOL e PT. Em meio a isso, costuma-se intitular “centrão” todos os parlamentares que não estão entre aliados ou opositores. Porém, tudo isso é teoria, já que, recentemente, muitos que se diziam aliados estão se mostrando opositores, os opositores nem sempre se opõem tanto e o que se chama centrão não tem lá muita organização, além do que em alguns momentos, estão a favor, em outros estão contrários ao Governo e, sendo assim, “centrão” não os define muito bem.

Mesmo assim, o chamado “centrão” tem se posicionando de forma contrária e tem dificultado a aprovação no Congresso de medidas de interesse do governo que, na verdade, são de interesse do país. Levando em conta todos os outros obstáculos enfrentados pelo novo governo, muitas das ações e projetos seguem aguardando votações.

manifestações maio 2019 – foto via WhatsApp

Por este motivo, o povo voltou às ruas neste dia 26 de maio de 2019. Alguns desavisados (ou mal intencionados mesmo?) divulgaram que havia dois tipos de manifestações. A “pró-Bolsonaro” e “protestos pela Educação”. Porém, é preciso perceber o seguinte:

Educação se aprende em casa com os pais, na escola se deve adquirir conhecimentos e não “educação”, cultura é conjunto de costumes de um povo. Quem vai às ruas pedindo educação ou cultura não tem noção do que está pedindo. O povo hoje foi às ruas para apoiar Reforma da Previdência, Pacote Anticrime e outros projetos e ações essenciais ao país e aos cidadãos de bem. Não foi um movimento “Pró-Bolsonaro”, foi um movimento “Pró-Brasil”.

E, ao contrário do que se noticiou na considerada “grande mídia”, não foram apenas algumas manifestações isoladas. Houve uma grande participação do povo pelo Brasil todo. Inúmeros vídeos circularam pelas redes sociais e houve até uma situação embaraçosa ocorrida em Belo Horizonte em que jornalistas da Globo foram expulsos da manifestação sob gritos de “Globo Lixo” “Fora Globo”, etc.

A noite, o Presidente Jair Bolsonaro foi entrevistado pelo Domingo Espetacular e expressou sua opinião sobre as manifestações e sobre outros pontos questionados pelo repórter. Antes disso,o Presidente, de joelhos, orou/rezou e, na sequência, discursou na igreja que ele frequenta, pedindo orações para ele, para o Brasil, pelas autoridades, para que consigam de verdade vencer os obstáculos e transformar o Brasil.

Manifestações em Campinas

Manifestação em Santa Catarina

Som está ruim, mas o que vale é a manifestação:

Manifestações em Belém

Mais manifestações pelo Brasil