Em todos os tempos houve, talvez sempre haverá, algum tipo de ataque a templos, sinagogas e igrejas. O preocupante é o fato desses ataques se tornarem cada vez mais frequentes.

Analisando os recentes seis meses, percebemos o ataque a tiros numa sinagoga de Pittsburgh (leste dos Estados Unidos), ocorrido em outubro de 2018, quando os judeus se reuniam para o serviço do Shabat. O invasor conseguiu matar onze pessoas, antes de ser rendido e preso pela polícia. Ao mesmo tempo crescem, de forma contínua, em universidades de todo o mundo, em especial, nos Estados Unidos, movimentos antissemitas que pregam o extermínio dos judeus.

Igreja atingida Sri Lanka – Foto Internet recebida via redes sociais

O mês de março de 2019 marcou como um período de vários ataques a igrejas e templos.

Na Nova Zelândia houve ataques simultâneos, a tiros, contra duas mesquitas, somando cinquenta mortos e quarenta e oito feridos, desses, vinte em estado grave. Estes ataques foram filmados por um dos assassinos que transmitiu em rede social.

Nos Estados Unidos, também em março, Muçulmanos da Islamic Society of Mid-Manhattan – New York tiveram a sua mesquita destruída por um incêndio. Em solidariedade, o Rabino Ari Lorge e outros Rabinos da Central Synagogue New York, abriram as portas da sinagoga  para mais de seiscentos muçulmanos que puderam rezar e fazer seu culto, mesmo sendo de outra religião. A Imprensa não noticiou este ato de compaixão dos judeus, recebi esta informação por intermédio de um post da SIBRA.

Ainda em março, várias igrejas cristãs de toda a França foram atingidas. No total foram doze ataques, em apenas uma semana, sendo o principal, o incêndio da igreja de Saint-Sulpice, felizmente já quase vazia, logo após celebrada a missa das doze horas. O sacerdote desta igreja afirmou ter avistado um indivíduo que colocava fogo em madeiras ao redor do templo, mas não suspeitou dele (?).

Muçulmanos acolhidos na Sinagoga – Nova York – Foto Internet, recebida pelas redes sociais

Em 15/04/2019 um incêndio de grandes proporções atingiu a catedral de Notre-Dame, em Paris. O fogo se iniciou na parte superior e, aproximadamente, uma hora após o início do incêndio, a torre em formato de flecha (pináculo), desabou. Bombeiros chegaram a afirmar que a reforma pela qual esta torre passava seria a causa do incêndio, mas as autoridades divulgaram o caso como acidente e descartaram a possibilidade de atentado terrorista.

O domingo de Páscoa para os Cristãos e Pessach para os Judeus começou com mais uma triste notícia. Desta vez, no Sri Lanka, foram oito atentados. Seis deles ocorridos na capital (Colombo), em que foram atingidos quatro hotéis, uma igreja católica e um complexo residencial. Outros dois ataques foram registrados em igrejas também católicas nas regiões de Katana e Batticaloa. Tudo parece ter ocorrido de forma coordenada no mesmo horário, em três hotéis de Colombo e três templos católicos que realizavam missas em celebração à Páscoa, nas três cidades atingidas.

Horas mais tarde, outras duas explosões ocorreram na capital. Uma delas, que deixou dois mortos, ocorreu em um pequeno hotel situado ao lado do zoológico de Dehiwala. Algumas poucas notícias afirmam que o zoológico fica a 100 metros do local outros que fica ao lado do hotel atingido E uma única notícia afirma que o zoológico fica em frete ao hotel. E aqui fica a preocupação que as autoridades e a mídia não estão tendo: e os animais do referido zoológico? Também foram atingidos? Como estarão estes animais? Já imaginou estar confinado em uma jaula, em meio a esta tragédia e nem sequer poder fugir? Alguém pensou nisso? Eu, autora deste texto, sim! E não vi nenhum movimento de cuidadores ou protetores de animais se manifestar no local. 

Duzentas e sete pessoas morreram, desses mortos, vinte e sete são estrangeiros (Turistas) e mais de quatrocentas e cinquenta pessoas ficaram feridas

Apesar de nenhum grupo, até o momento, ter assumido a autoria, o fato dos atentados terem ocorrido por intermédio de “homens-bomba”, leva a crer que tenha sido atentado terrorista. As autoridades do Sri Lanka temem que sejam militantes do Estado Islâmico que retornaram do Oriente Médio.

Segundo diversos artigos replicados, o ministro da Defesa Ruwan Wijewardena disse que os culpados foram identificados e eram extremistas religiosos. A polícia do país tinha feito há dez dias um alerta de terrorismo, a partir de uma informação de que poderia estar sendo preparado um ataque “com características jihadistas”. Estes grupos jihadistas são frequentemente confundidos com Muçulmanos, porém são mais radicais e, também com frequência, comandam atentados atribuídos aos Muçulmanos. Jihad pode ser traduzido como “esforço” ou “luta”. Dentro da religião islâmica representa o esforço de um indivíduo para construir e manter uma boa sociedade muçulmana e, neste esforço, vale até uma guerra contra aqueles que não professam a mesma fé. E resumo, é um grupo radical dentro do islamismo disposto a tudo para sobrepor sua fé acima de todas as outras. 

Notícias vindas de Israel citam o grande choque que estes atentados provocaram em judeus e cristãos, com exceção dos muçulmanos. (Fonte CaféTorah)

Igreja atingida – Atentado Sri Lanka Foto recebida por redes sociais

A intolerância religiosa no Sri Lanka tem sido contornada nos últimos anos. Ainda assim, alguns casos esporádicos ocorrem, quase sempre, entre budistas e muçulmanos. O último confronto entre eles ocorreu em 2018, quando o governo precisou declarar estado de emergência. Lembrando que o budismo Theravada é a maior religião do Sri Lanka, com 70,2% da população, segundo o censo de 2012. Hindus compõem 12,6% e muçulmanos são 9,7% da população. Os Cristãos são apenas 7% da população, sendo que a maioria destes Cristãos seguem o Catolicismo. Os outros 0,5% são de outras religiões ou ateus.

Em meio a todos estes atentados e intolerâncias, o que se precisa analisar é: A quem estes terroristas querem atingir? Seriam os alvos, as pessoas que frequentam as igrejas, templos, sinagogas, mesquitas? Não. Até porque alguns atentados ocorrem quando já se esvaziou os locais, após os cultos ou em época de reforma como foi com a catedral em Paris. O alvo é uma ou outra religião? Também não. Já que as principais religiões têm sido atacadas. Mas então, qual é o alvo?

O alvo é Deus (D-US). A crença no Deus (D-US) único, que Judeus, Cristãos e Muçulmanos professam, parece incomodar, destemperar, desestabilizar algumas pessoas incapazes de sentir amor, empatia, solidariedade. O acreditar num só ser divino esbarra em outra crença também teoricamente em um só ser divino, porém, este sendo o “único dos únicos”. O que leva alguém a imaginar que só sua religião, sua seita, suas crenças estão certas e todos os outros estão errados e até merecem morrer? O que leva alguém a se deixar circular por explosivos e se “auto explodir”, doando sua vida apenas para matar outras pessoas? Ausência do Divino, do Sagrado. Ausência de entender-se como templo, como um cocriador da própria vida. Ausência do entender o outro como uma extensão de si mesmo(a). Ausência de perceber que, independente do Deus em que cada um acredita (e até mesmo quem não acredita em nenhum Deus), o objetivo é alcançar a LUZ. E a Luz é só isso, doação, amor, altruísmo… Luz é só LUZ.

Busquemos, portanto, a LUZ sem questionar o caminho que cada um persegue nesta busca. Entendamos que cada um tem seu tempo de descobertas. E oremos/rezemos/meditemos pelos que se foram nestes atentados apenas por buscarem LUZ nas igrejas, templos, sinagogas… Que a LUZ do Eterno, nos traga a verdadeira PAZ que está na compreensão do outro como de nós mesmos. Da empatia, surja o verdadeiro amor. Do altruísmo, surja a verdadeira união. E que cada um de nós se perceba um templo, acolhendo o Eterno em cada coração…

Leia estes dois e-books que complementam este tema e tem toda a renda de sua venda doada a cuidadores e ONGS de animais recolhidos das ruas.

Saiba mais sobre cultura judaica, artigos cabalísticos e como lidar melhor com a vida, seja qual for sua religião ou crença. Leia Luz do Eterno Artigos Cabalísticos, clique aqui
Armagedom Har Meggido – Ana e o Apocalipse, clique aqui

Saiba mais:

https://noticias.r7.com/internacional/nova-explosao-atinge-complexo-de-casas-no-sri-lanka-21042019

https://www.cafetorah.com/atentados-no-sri-lanka-abalam-o-povo-e-o-estado-de-israel/

https://www.colegioweb.com.br/curiosidades/quem-sao-os-jihadistas.html