No dia 27/02/2019, domingo, uma equipe de bombeiros, encontrou e resgatou um cão que estava preso a uma corrente numa casa e o Tenente Leôncio Valverdes vistoriando a casa encontrou diversos pássaros presos em gaiolas. Alguns pássaros foram soltos outros foram levados junto ao cão para serem cuidados. O MP-MG solicitou à Vale fazer um plano de resgate dos animais presos na lama. No dia 30/02/2019, quarta-feira, foram resgatados 45 animais também levados a uma fazenda próxima para cuidados veterinários e para serem alimentados. No entanto, nada disso foi noticiado. A manchete que se espalhou rapidamente foi: “Animais abatidos a tiros em Brumadinho”.   Neste artigo eu mostro a VERDADE que a grande mídia parece sempre desconhecer.

Bombeiros resgatando um galo em Brumadinho-MG. Foto via twitter Corpo de Bombeiros MG

Noticiou-se que cerca de 20 tiros foram disparados para abater alguns animais que estavam atolados na lama e muito feridos, sem condição de resgate. O coronel Evandro Geraldo Borges teria dito que,  em algumas situações, só resta o tiro de misericórdia, para evitar mais sofrimento para o animal. Foi apurado que, até a publicação deste artigo,  57 animais foram resgatados e encaminhados a cuidados veterinários. Além disso, um cachorro foi resgatado e diversos pássaros foram libertados da gaiola pelos bombeiros. E apenas 3 (três) animais foram abatidos por meio de um rifle sanitário, (informado por JPNews), segundo o Conselho Federal de Medicina Veterinária(CFMV), sob a supervisão de uma equipe veterinária, por estarem presos numa área de difícil acesso aos socorristas e sem meios de aplicar técnica de eutanásia.

Os animais encontravam-se num local sem condições de segurança para serem içados, presos numa área que oferecia riscos aos socorristas e sem possibilidade de acesso para intervenção de outra técnica de eutanásia explicou o CFMV.

Em outro comunicado a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais afirmou  em nenhum momento houve autorização por parte do Gabinete Militar do Governador para o abate de animais aleatoriamente ou por métodos em desacordo com as normas.

​Eutanásia

O porta-voz do Corpo de Bombeiros, tenente Pedro Aihara,  declarou que a eutanásia só é realizada quando o resgate não é viável e o sofrimento do animal é muito grande. Mas a decisão é tomada pelos veterinários presentes nas ações“. Os “tiros” anunciados como um assassinato nada mais são do que uma injeção letal que os militares, orientados por Veterinários,  dispararam de dentro de helicópteros, somente nos animas que estavam agonizando, em locais de difícil acesso e sem nenhuma chance de serem resgatados. E o principal pensamento consciente que se deve ter é que, para cada animal resgatado, há um cuidador (ou mesmo uma família inteira) desaparecido ou morto. E diversos homens e mulheres cobertos de lama, lutando para salvar vidas.  Esta é a principal consciência que se deve ter.

Bombeiro resgata cão em Brumadinho-MG Foto Internet

Diante deste impasse, a certeza que se tem é que a Vale foi imediatamente multada, sendo, no dia 25/01 1 bilhão de reais bloqueados, no sábado, dia 26/01 a pedido do Ministério Público, a Justiça de Minas Gerais determinou novo bloqueio de  5 bilhões da Vale. Além disso, tudo está sendo feito para resgatar o máximo de seres humanos e animais vivos. Segundo a Agência Brasil (EBC) a Vale alugou uma fazenda e criou com toda a infraestrutura para atender aos animais resgatados.  Isso inclui baias e área para bovinos, piquetes para ovinos e suínos, gradil para cães, área para animais silvestres e uma piscina para acomodar peixes. A empresa montou também uma central de alimentação e medicação, que inclui até banco de sangue para os animais.

Em situação de emergência com resgate em andamento  de quase 400 pessoas já localizada (pessoas mortas: 99,  259 ainda desaparecidos,  57 já identificadas pelo Instituto Médico Legal) e 57 animais, a população tem que entender que todos os esforços estão sendo feitos. E que é preciso elogiar os resgates e salvamentos e não criticar os supostos erros.

Quem me acompanha sabe do meu compromisso com a VERDADE em tudo que faço. Eu seria a primeira a denunciar se houvesse alguma negligência mas não há. Todos os envolvidos nesta ação de resgate estão fazendo o máximo. Sei, por experiência própria, que quem critica a ação destes bravos homens, são pessoas que não se preocupam em disseminar o veganismo como uma nova consciência e sim estar presente em todas as tragédias para aparecer. Inclusive quem tanto acusa é do tipo que diz que vai entrar num túnel, o sinal de celular vai cair só porque soube que a proposta feita não tem patrocínio. E mais, gente que chega a dizer que entre uma criança e um animal deve-se salvar o animal e matar a criança.   Gente assim não é a favor nem de animais nem de crianças, menos ainda, do Brasil. E não deveria merecer destaque nenhum na mídia se a Imprensa também não fosse corrompida, movida a jabás e a fakenews. Tanta revolta em posts e manchetes deve ser porque não conseguiram tirar seus costumeiros “selfies” para exibir a grande luta pelos animais. Em todas as fotos e vídeos são os militares que aparecem cobertos de lama cumprindo seu dever. E é bom frisar que os Militares não precisam de nenhuma “manifestação popular” para cumprirem seu dever. Eles precisam de melhores salários, respeito e admiração da população, isso sim. 

Bombeiro resgatando animal em Brumadinho-MG Foto: Internet

Estes bravos homens merecem todo o nosso respeito, admiração e elogios. Por mais notícias negativas da mídia e dos críticos de plantão, a verdade é que estes homens são heróis com a certeza da missão cumprida. Orgulho do nosso Brasil.

Este artigo foi escrito na quarta-feira, dia 30/01/2019, porém, para não acumular muitos assuntos, foi revisado e publicado na sexta-feira dia 02/02/2019.

 

Os dados atualizados e divulgados pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais  são:
Óbitos confirmados – 121
Identificados – 93
Localizados – 395
Desaparecidos – 226

 

 

Neste vídeo, bombeiros resgatam diversos animais, inclusive soltam alguns pássaros, isso ocorreu no domingo, dia 27/01. Em paralelo, o MP-MG solicitou à Vale fazer um plano de resgate dos animais presos na lama. A Vale atendeu prontamente e alugou uma fazenda com estrutura para atender os animais. Após esta data, os animais continuaram sendo socorridos na medida do possível, visto que havia também necessidade de resgate de vítimas humanas. Enquanto isso, a mídia e alguns ativistas continuam insistindo que os animais estejam sendo abatidos a tiros.

 

Reportagem da TV Vitoriosa, mostra como os animais estão sendo resgatados e tratados na fazenda pelos profissionais e voluntários:

Reportagem Record News mostra as duas equipes empenhadas no resgate e tratamento dos animais. Uma contratada pela Vale e outra integrante da Comissão de Desastres do Conselho Regional de Medicina Veterinária. Dra Laiza explica as formas de resgate e tratamento e em que circunstâncias os animais precisam de eutanásia:

Saiba mais:

Leia também, “A tragédia por trás da tragédia”, o que Enéas Carneiro revelou sobre a Vale, clique aqui

Estrutura para atender aos animais em Brumadinho-MG. clique aqui

Até o momento, 57 animais foram resgatados em Brumadinho, clique aqui

45 animais resgatados vivos só no dia 30/01/2019, clique aqui

Matéria Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, clique aqui