Sempre foi assim. Acontecem inúmeros fatos bons e ruins a cada dia, mas a mídia procura mostrar só o ruim ou o conveniente para o Sistema. O plano é mostrar que o Brasil é tão ruim, sem recursos e sem chance de melhorias que só saindo dele para encontrar soluções. Quando na realidade, nosso país tem bons profissionais, muitos recursos naturais e é um dos melhores lugares para se viver.  Em se tratando de Governo, há uma diferença estranha, mas perfeitamente compreensível. É isso que mostro neste pequeno artigo.  Leia, comente, compartilhe!

A cada dia, a Polícia Militar realiza inúmeros salvamentos, conciliações, atitudes meritórias, mas os noticiários mostram só a polícia “agredindo” manifestantes (sem citar que as polícias são comandadas pelo Estado). A cada dia ocorrem diversos fatos que deveriam ser mostrados de forma imparcial. Aliás, o melhor Jornalista é aquele que relata uma notícia ou conduz uma entrevista sem nenhuma tendência, apenas os fatos ou relatos. Isso está cada vez mais raro em nível mundial. Em relação ao Governo, nos recentes trinta anos, a mídia tem divulgado só notícias boas, ou como se fossem boas, empurrando para baixo do tapete toda a podridão de governos voltados a si mesmos e não ao bem estar do povo. Recentemente, diante da explosão de sujeira que se apurou nos Governos, a mídia se viu obrigada a divulgar, ao menos, parte dos acontecimentos. Porém, uma peculiaridade, recentemente incorporada e que significa uma inversão nas divulgações, é divulgar o lado ruim e omitir o lado bom das atitudes do novo Governo.

 

São tantos os exemplos que fica impossível mostrar todos. Os casos mais recentes são: O filho de Mourão que foi promovido e teve um salário reajustado menor do que seu antecessor. Porém, a mídia divulgou exaustivamente o “aumento” de salário que ele teve e o suposto nepotismo. Com isso, a mídia conseguiu envolver grande parte do público numa discussão infundada enquanto empurrou para baixo do tapete a notícia veiculada em junho/2018 pelo Sindicato dos BancáriosFecha a fila o Banco do Brasil. O diretor Paulo Caffarelli recebeu R$ 1,7 milhão em 12 meses. A renda média dos 45 altos dirigentes entre vice-presidentes (12) e 27 diretores, além dos membros do Conselho Fiscal, ficou em R$ 1,2 milhão.”  Como fica esta averiguação e veiculação, grande mídia podre???

Outro exemplo:

Dólar acumula baixa de 5,12% e real é moeda que mais se valoriza no mundo. Esta é a manchete do dia 10/01/2019 que circulou apenas no portal “Exame”. Todos os outros veículos relatavam as rejeições ao Governo e todo o caos supostamente causado.  Outra ótima notícia que veiculou só no Estadão:  “Venda de 80 mil bens do tráfico financiará polícias”, segundo matéria, Sérgio Moro agilizará a venda destas propriedades. Se for confirmada esta matéria do Estadão, o “peso” que os militares já NÃO tem na previdência, (pois NÃO utilizam verba de INSS), virará LUCRO para o país. No entanto, todas as outras mídias insistiam em que os militares ficarão fora da reforma da Previdência.  Ora se eles não utilizam INSS, a Previdência deles é independente, por que deveriam, ser incluídos???

Há tempos estou alertando para os apoiadores de Bolsonaro NÃO compartilharem este tipo de informação deturpada. Isso ajuda a viralizar uma mídia contrária ao Governo. Este tipo de notícia é prato cheio para esquerdistas mal intencionados. Tem tantas boas noticias para compartilhar. Apesar da torcida contra de alguns mal elementos, em dez dias de Governo, Bolsonaro já realizou muitas boas mudanças e fez mais do que os petistas fizeram em 13 anos de desgoverno. Quem quer se informar de verdade, é só procurar fontes comprometidas com a VERDADE, como este blog “Notícias da Lou”. Alguns veículos como “Estadão” e rádio Jovem Pan,  embora publiquem/divulguem algumas distorções, parecem um pouco mais voltados a publicar/divulgar o que, de fato, ocorre.  Mesmo assim, não confio cegamente neles, sempre busco diretamente em fontes confiáveis.  E aconselho a quem, de fato, quer um país melhor para todos, que também busque a VERDADE e não notícias plantadas para confundir e alienar o povo.

Neste vídeo, que foi gravado em novembro/2018 e editado de forma resumida hoje, dia 12/01/2019, eu abordo dois temas importantes notícias distorcidas pela mídia e boicote a programas de TV e dou dicas de como lidar com isso. Assista:

 

Ouça também os comentários de Erasmo de Oliveira sobre a distorção na mídia brasileira (com outros temas importantes) em seu Programa Papo Cabeça do dia 07/01/2019 pela Rádio Cidadania. Atenção, por ser um programa longo com diversos temas, este áudio foi editado e resumido,sem perder o importante conteúdo.

Saiba mais:

Sobre o filho do Mourão e o que está sendo encoberto pela mídia sobre o BB, clique aqui

Sobre os militares e a insistência da mídia em que participem de uma previdência a qual eles não utilizam, clique aqui

Se for confirmada esta matéria do Estadão “Venda de 80 mil bens do tráfico financiará polícias” http://bit.ly/2AACgM0 o “peso” que os militares já NÃO tem na previdência virará LUCRO para o país.

Dólar em queda e bolsa em alta histórica, clique aqui