Há quase trinta anos eu publico este tema, mostrando que a Hiperatividade é um sintoma e não um distúrbio. Antes de medicar a hiperatividade é preciso detectar qual distúrbio a está causando. Mesmo assim, ainda hoje se confunde este tema. Assim como a Hipoatividade que tem sido divulgada de forma equivocada.

Reuni dois dos meus melhores artigos sobre este tema, são um pouco antigos, mas continuam muito atuais e disponibilizo para leitura aqui:

Crianças hiperativas na escola – Artigo publicado pela Revista Profissão Mestre,  abril/2011 clique aqui

Hiperatividade não é distúrbio (Hiperatividade X Hipoatividade) Dossiê de minha autoria publicado pela Revista psique Ciência e Vida número 81 paginas 35 a 52, clique aqui